domingo, 14 de março de 2010

Evolução da Postura Ereta Humana

Há muito tempo já se conhece sobre a importância da postura ereta humana (bipedalismo), sendo esta característica algo já estritamente relacionado à essência humana. No entanto, olhando para o nosso passado, a pergunta que tem sempre se mantido é de como nossos ancestrais passaram de uma postura quadrúdepe para uma bípede. A mais simples e até mesmo aceita teoria versa sobre ancestrais primatas passando de uma vida arbórea e quadrúpede em florestas para uma vida terrícola e bídepe em savanas. Este modelo pode até estar correto mas ainda persistem muitas dúvidas de como tudo ocorreu. De fato, os grandes antropoides são quadrúpedes e de hábito florestal, exibindo diferentes modos de locomoção, como a braquiação de gibões e orangotango e o caminhar-com-as-mãos de gorilas e chipanzés. A origem do bipedalismo dos humanos tem sido explicada por algumas hipóteses, tais como hipótese termo-regulatória, em que os hominídeos ancestrais tinham a vantagem de evitar o aquecimento excessivo pela radiaçao solar nas savanas abertas adotando a postura bípede que muito diminuiu a superfície do corpo diretamente exposta ao sol nas horas mais quentes do dia; e a hipótese alimentar, em que esses ancestrais hominídeos, ainda vivendo em florestas, adotavam a postura ereta ao galgar por galhos de difícil acesso, onde a ajuda dos braços e mãos livres auxiliavam no equilíbrio sobre o galho e na obtenção dos frutos. Assim, se consideramos apenas essas duas hipóteses, já se pode perceber que há uma incongruência no mínimo temporal, mas também espacial, quanto ao momento em que o bipedalismo surgiu na evolução humana. Por um lado, hominídeos eram bípedes quando nas savanas apenas e, por outro, já eram bípedes quando em habitat florestal e viviam nas árvores. Fortes evidências desse fato residem nos recentes achados fósseis de antropoides extintos, possivelmente precursores do gênero Homo e que aparentemente já eram bípedes ou estavam a caminho disso. Se pensarmos que os ancestrais hominídeos já eram bípedes enquanto viviam nas florestas úmidas, além do fato de serem arborícolas, então a origem da postura ereta nos hominídeos é bem mais antiga do que tradicionalmente pensado, e a vida nas savanas quentes e secas tiveram o papel de aperfeiçoar este modo de andar oriundo das florestas. Este aperfeiçoamento incluiu, por exemplo, o aumento da estatura corporal e aumento das pernas em relação aos braços (braços mais compridos são mais eficazes para o deslocamento no meio arbóreo). Em um ambiente savânico aberto , a estatura mais alta traria maior capacidade de detecção de predadores e as pernas mais compridas, maior facilidade de deslocamento rápido, seja para evitar à predação ou obter o alimento através da caça.

4 comentários:

  1. não gostei, ia ser melhor se fosse um rezumo

    ResponderExcluir
  2. Eu, pelo contrário, acho a questão bastante pertinente nos tempos que correm e a temática bastante interessante.

    saudações

    ResponderExcluir
  3. Quero saber onde posso me informar sobre a evolução da estatura humana do decorrer da história.

    ResponderExcluir